terça-feira, 12 de julho de 2016

Ilusões Escritas? Paramos por aqui.

Pois é, muitos de vocês já devem ter imaginado que isso iria acontecer em breve, não é? Agora é oficial, o Ilusões Escritas não será mais atualizado. Para sempre? Não sei... Talvez um dia eu retorne. Mas agora não.

Em 2011, quando o Ilusões Escritas foi criado, eu era uma adolescente mega atarefada com coisas da escola (estudava de manhã e de tarde), porém isso era tudo. Eu tinha tempo de ler, de resenhar, de pensar em coisas legais, de acompanhar o mundo literário de perto, de fazer o que eu queria com o blog. Só que o tempo foi passando, eu terminei o Ensino médio, terminei o técnico, fiz um ano de faculdade, fui trabalhar, tive vários problemas no serviço, troquei de local de trabalho e agora estou muito bem no emprego, porém acumulei funções fora dele.

Sou um ser humano como qualquer outro, preciso de tempo para, no mínimo, comer e dormir. E, ao fazer isso, percebi que não estava conseguindo manter o blog. Fui levando mesmo assim. Insisti, procurei colunistas, fiz calendários de postagens, programei resenhas, tentei aqui, tentei ali... E, quando vi, mais um mês tinha passado e o Ilusões Escritas estava desatualizado.

Isso doeu e não foi pouco. Por anos, este foi o meu mundinho cor-de-rosa. Onde eu podia correr sempre que a coisa apertava no mundo real. E então ele se tornou apenas mais um site desatualizado na rede. Perceber isso foi um choque.

Como vocês sabem, este ano meu livro foi lançado em formato físico. Isso é algo que contribuiu para que meu tempo ficasse escasso e tenho outros livros a caminho, portanto a coisa só vai aumentar - se Deus quiser. Além de um conto na antologia da Editora Arwen, que será lançado na Bienal deste ano. São muitas coisas ao mesmo tempo. E, assim como acontecia em 2011, quando eu tinha milhões de problemas com a internet, o caos continua e meu acesso é complicado.

E eu odeio fazer as coisas pela metade. Saber que o IE estava abandonado era um terror. Por isso decidi que o melhor a fazer seria encerrá-lo oficialmente e deixar o conteúdo já postado disponível para quem quiser, um dia, dar uma olhada.

Então estou aqui hoje agradecendo a cada um que passou por aqui em algum momento, a cada comentário, cada curtida, tweet etc. Foi maravilhoso enquanto durou e só durou quatro anos porque vocês estavam aqui comigo. Amigos leitores, blogueiros, colunistas, autores, editores... Obrigada, de verdade! O Ilusões Escritas me apresentou muitas pessoas maravilhosas e sou muito grata por isso. Não vou esquecê-los.

OBRIGADA!

Passadas as minhas explicações e meus agradecimentos, quero aproveitar para dizer que esses quatro anos foram importantes demais para desaparecerem assim.
De agora em diante vocês podem me encontrar em outro blog, no Clube do Livro Suzano.
Como é um blog meu e de duas amigas, não será tão complicado manter e ele é um detalhe a mais no nosso projeto de trazer eventos sobre literatura contemporânea para a cidade de Suzano. Conseguimos um espacinho na agenda cultural da cidade e agora teremos um evento literário por mês, organizado por mim e por elas. É uma coisa bem maluca e espero que dê tudo certo. Estamos animadas, com milhões de ideias na cabeça e conto com vocês para movimentar o blog.


domingo, 5 de junho de 2016

Novidades #89

Pessoas lindas do meu coração, estou voltando. Aos poucos e com muitos projetos paralelos, mas voltando. Agora vou organizar um Clube do Livro aqui em Suzano e isso vai me tomar um bom tempo, porém vou continuar cercada de livros e isso é o máximo. :D



Título: A garota do calendário - Janeiro.
Autora: Audrey Carlan.
Editora: Verus.
Ela precisava de dinheiro. E nem sabia que gostava tanto de sexo. O fenômeno editorial do ano e best-seller do New York Times, USA Today e Wall Street Journal
Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela tem um ano para pagar o agiota que está ameaçando a vida de seu pai por causa de uma dívida de jogo. Um milhão de dólares, para ser mais exato.
A missão de Mia é simples: trabalhar como acompanhante de luxo na empresa de sua tia e pagar mensalmente a dívida. Um mês em uma nova cidade com um homem rico, com quem ela não precisa transar se não quiser? Dinheiro fácil.
Parte do plano é manter o seu coração selado e os olhos na recompensa. Ao menos era assim que deveria ser...
Em janeiro, Mia vai conhecer Wes, um roteirista de Malibu que vai deixá-la em êxtase. Com seus olhos verdes e físico de surfista, Wes promete a ela noites de sexo inesquecível — desde que ela não se apaixone por ele.
Estou vendo o maior barulho por causa deste livro e pela sinopse não entendi muito bem o motivo... Mas fiquei interessada!

quarta-feira, 1 de junho de 2016

Cartas de amor aos mortos.

Estão gostando de ver o blog novamente movimentado? Estou adorando ter tempo de ler e resenhar aqui para vocês. É o que eu gosto de fazer. <3




Laurel começou o ensino médio agora e não sabe muito bem o que fazer com isso. Acostumada a viver às sombras de May, sua irmã mais velha, e perto da mãe, a menina tem um choque quando vê tudo isso mudar.
Os pais se separaram, May faleceu e a mãe decidiu ir para um retiro. Laurel trocou de escola e passou a morar alguns dias com o pai e outros com uma tia.
Na escola nova, a professora pede que ela faça uma carta, mas para alguém que já morreu. Laurel faz o trabalho, mas não consegue entregar e nem parar de escrever.
Nas cartas a garota encontra uma forma de se expressar sem ser julgada e, aos poucos, vai narrando sua nova vida para pessoas que já não estão mais por aqui...


[...] talvez amadurecer signifique que você não precisa ser uma personagem seguindo um roteiro. É saber que você pode ser a autora. (Pág 312).

sábado, 28 de maio de 2016

Tag: Lava Jato.

Todo mundo conhece a Lava Jato, não é? E conhece também os leitores, que não perdem uma oportunidade de relacionar qualquer coisa com livros. Então é claro que uma coisa levou a outra e surgiu a Tag Literária Lava Jato!
Vi pela primeira vez a tag no canal Leitor em Crise, do Gustavo e o vídeo original é do canal Livrada!


quinta-feira, 26 de maio de 2016

Sangue mágico.

Ai, que saudades! Agora que já passou o lançamento do meu livro e também o evento que estava organizando aqui em Suzano, acho que terei um pouco mais de tempo e paz, então vou logo retomar as atividades do blog!





Os picos de magia que acontecem na cidade de Atlanta complicam a vida dos moradores.
Quando a magia se faz presente os carros deixam de funcionar, a cidade fica às escuras, monstros mágicos - como os homens lobos - andam pelas ruas e causam grande destruição.
Neste cenário se encontra Kate Daniels, que não leva desaforo para casa e não hesita em usar sua espada, mas vive se escondendo por conta da poderosa magia presente em seu sangue.
Quando seu guardião é assassinado ela decide sair à procura do ser sobrenatural que o matou e se coloca em grande perigo...



Se você não consegue fazer algo desaparecer, espere até que se canse. (Pág 35).


terça-feira, 10 de maio de 2016

Tag: Mães Literárias.

Tem mais de um mês que eu desapareci, não é? Sinto muito gente... Eu queria muito voltar, tive ideias para vários posts diferentes e ficava muito triste comigo mesma quando percebia que mais um dia tinha se passado sem que eu conseguisse colocar alguma delas em prática. Minha intenção jamais foi abandonar o blog deste jeito, eu só... abandonei minha vida, em quase todos os sentidos, por mais de um mês. Agora, que estou tentando recomeçar, fico triste ao perceber o quanto perdi. Por isso, aos poucos, vou aparecer aqui novamente. Ao menos minha vida literária tem que continuar e é isso que vou fazer.
Para (re)começar optei por aproveitar o dia das mães e responder uma Tag que vi ano passado no blog Meu amor pelos livros e que achei muito legal, a Tag: Mães literárias, que tem alguns "exemplos de mães" que você deve associar com algum livro.


domingo, 10 de abril de 2016

quarta-feira, 30 de março de 2016

Desafio leitura 2016 #4: O sangue do Olimpo.

Ultimamente minha vida anda meio doida e por isso estou lendo um pouco menos do que o normal, mas mesmo assim vou tentar manter uma rotina de resenhas e cumprir meu tão sonhado Desafio de leitura 2016, então eis aqui mais um livro que se encaixa na categoria número dois, último livro de uma série ou trilogia.



Percy, Annabeth, Piper, Jason, Frank, Hazel, Nico e Reyna fizeram progressos admiráveis desde que partiram em missão, mas apesar dos esforços, o dia do despertar de Gaia se aproxima e eles continuam buscando formas de detê-la.
Todos sabem, na verdade, que só podem parar o despertar da Mãe Terra com a ajuda dos Deuses. E os Deuses estão incapacitados, pois suas versões gregas e romanas estão em conflito. E para unir os Deuses, é preciso que os Acampamentos de semideuses entrem e acordo e desistam da guerra.
Infelizmente, quando Reyna saiu em missão, o Acampamento Júpiter ficou sem líder, posto que foi assumido com rapidez por Octavian, o maluco que agora lidera uma orla de semideuses e monstros no ataque ao acampamento grego.
Agora divididos em equipes com finalidades diferentes, os semideuses precisam apaziguar a guerra entre os acampamentos, unir novamente os Deuses e derrotar Gaia. E, entre eles ainda existe a profecia, que fala sobre sacrifício e sangue...

Leo abriu um sorriso. Não conseguiu evitar. Claro, eles só tinham dez dias para impedir que os gigantes despertassem Gaia. Claro, ele podia morrer antes da hora do jantar. Mas ele adorava quando lhe diziam que algo era impossível. Era como se alguém lhe desse uma torta de merengue de limão e lhe dissesse para não jogá-la. Ele simplesmente não conseguia resistir ao desafio. (Pág 85).

terça-feira, 29 de março de 2016

Playlist #5: Músicas da minha infância.

Semana passada, vi uma matéria sobre os irmãos Hanson, sobre como estão agora, vinte anos após o primeiro sucesso musical. Isso me fez sentir velha e comecei a pensar nas músicas que marcaram minha infância, ou naquelas que, mesmo após tanto tempo, eu ainda lembro com certo saudosismo. Resolvi listar algumas delas aqui.


sexta-feira, 25 de março de 2016

Nas telas #7: Batman vs Superman. A origem da justiça.

Adoro vir aqui falar de filmes, vocês não tem ideia! E ontem assisti ao tão esperado Batman vs Superman e PRECISAVA vir correndo dizer o que achei.

PS: Não li os quadrinhos.


Com estreia no dia 24 de Março de 2016, o filme Batman vs Superman - A origem da justiça tem direção de Zack Snyder (300 e O homem de aço) e Ben Affleck e Henry Cavill como Batman e Superman, respectivamente. No elenco ainda temos Gal Gadot como a Mulher Maravilha e Jesse Einsenberg como Lex Luthor.
Depois do confronto do Superman com Zod a população se divide entre acreditar que ele é uma espécie de deus ou uma grande ameaça. As pessoas começam a se questionar sobre os poderes dele e até onde isso pode ser considerado uma coisa benéfica.
Batman - Bruce Wayne - não acredita que o Superman é totalmente bom e decide confrontá-lo. Para tanto, investiga o laboratório de Lex Luthor, cientista que descobriu uma poderosa pedra verde que pode enfraquecer o Homem de aço.